Histórias futuristas mais antigas do que possam parecer: origem das idéias dos roteiros de ficção cientifica

Carlos Alberto Machado

Resumo


O texto discute a origem das idéias da maioria dos roteiros de filmes de ficção científica modernos, bem como de conceitos literários como soft e hard, também presentes no cinema. Aponta-se a origem desses roteiros em sua maioria nas décadas de 1950, 1960 e 1970, períodos estes considerados férteis na literatura de ficção científica estrangeira. Também se aborda sobre as previsões casuais dos autores desse gênero que acabam trazendo suas idéias à contemporaneidade de forma despropositada, mas instigante, o que leva aos meios midiáticos a denominá-los de visionários. Alguns autores como Carrière, Xavier, Bez, Koff e Comparato auxiliam na corroboração dessas idéias. Assim, o leitor é levado a ponderar sobre a origem histórica dessas idéias.


Palavras-chave


Roteiro; Cinema; Ficção científica.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.5433/1679-0383.2013v34n2p149

Semina, Ciênc. Soc. Hum.

email: seminahumanas@uel.br
E-ISSN: 1679-0383

DOI: 10.5433/1679-0383


Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional

 

SalvarSalvarSalvarSalvar