Imagens da terceira idade: um estudo sobre a representação do idoso veiculada em duas propagandas da televisão brasileira

Márcia Beatriz da Silva

Resumo


O presente trabalho se propõe a analisar o discurso em duas propagandas veiculadas pela televisão aberta, sendo uma da década de 1990 e, outra, da década de 2000, nas quais os personagens são pessoas idosas. Tal estudo utilizou as referências da Análise do Discurso de Linha Francesa, que teve como precursor Michel Pechêux. A partir da lingüística procuramos evidenciar as mudanças que ocorreram no enfoque dado às pessoas da Terceira Idade que foram protagonistas dos seguintes comerciais: Copercap Bamerindus, de 1997, e Concurso Banco Real Talentos da Maturidade, de 2007. Além disso, foi possível investigar de que forma o texto publicitário contribui para a mudança da forma de se apresentar o idoso e, também, oferecer subsídios para que se reflita acerca da necessidade de se educar essas pessoas para o consumo consciente. Partindo do pressuposto de que uma propaganda é muito mais do que aparenta ser, conceitos de discurso, ideologia, condições de produção, sujeito discursivo, dentre outros, foram apreendidos e aplicados, na tentativa de compreendê-la em sua abrangência e amplitude. Essa análise permitiu constatar que o idoso, em 1997, era apresentado como frágil e passivo, e, em 2007, como um ser ativo, capaz e com grandes potencialidades, que devem ser mostradas.

Palavras-chave


Idoso. Propaganda; Análise do discurso; Televisão.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.5433/1679-0383.2012v33n1p91

Semina, Ciênc. Soc. Hum.

email: seminahumanas@uel.br
E-ISSN: 1679-0383

DOI: 10.5433/1679-0383


Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional

 

SalvarSalvarSalvarSalvar