Resolução de um caso de ausência bilateral de incisivos laterais superiores através de prótese adesiva indireta

Ana Paula Vicente Menoli, Luiz Fernando Zoch Lopes, Maurício Sella

Resumo


Tendo por principal característica o mínimo desgaste da estrutura dental, a prótese fixa adesiva indireta está principalmente indicada quando os dentes-pilares estão íntegros ou com pequenas cáries ou restaurações, como no caso de perdas acidentais de dentes anteriores em pacientes jovens. A boa capacidade de retenção da associação ataque ácido/resina composta só vem reforçar a viabilidade desta técnica que garante ainda, uma melhor estética, l1aixo custo e inocuidade em relação aos tecidos periodontais. Neste caso, os autores confeccionaram a prótese fixa adesiva indireta conjugando meios retentivos tísicos e químicos para a reposição dos incisivos laterais superiores, estando os del1les pilares da futura prótese, hígidos. Concluímos que as vantagens desta técnica são a conservação da estrutura dental aliada a uma melhor estética, representando uma alternativa na clínica odontológica e uma opção a ser oferecida ao paciente.



Palavras-chave


Prótese adesiva; Resina composta.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.5433/1679-0367.1997v18n1p98

Direitos autorais 2016 Semina: Ciências Biológicas e da Saúde

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - NãoComercial 4.0 Internacional.

Semina: Ciênc. Biol. Saúde

email: seminabio@uel.br

Londrina - PR
ISSN Print: 1676-5435

EISSN: 1679-0367