Estudo da Prevalência de cárie numa população de 0 a 5 anos atendida precocemente pela Bebê-Clínica da Universidade Estadual de Londrina

Celso Sebastião Garboza, Luiz Reynaldo de Figueiredo Walter

Resumo


O presente trabalho verificou a prevalência de cárie dentária em 287 crianças de 0 a 5 anos atendidas precocemente pela Bebê-Clínica da Universidade Estadual de Londrina. Antes da primeira consulta a população encontrava-se com grande risco de desenvolver cárie dentária, visto que 88,81% dos pacientes tinham o hábito de aleitamento noturno e 81% não realizavam higiene dental após a mamada noturna. Porém, depois da primeira consulta, com as devidas orientações sobre o hábito de aleitamento noturno e a higiene dental, verificou-se que a população estudada apresentou uma baixa prevalência de cárie, tanto do tipo mamadeira (0%) quanto de cárie simples (2%). Os resultados mostram a eficácia do atendimento precoce na promoção da saúde bucal nessa faixa etária.



Palavras-chave


Aleitamento Noturno; Higiene Dentária Noturna; Atendimento Precoce;Prevalência de Cárie.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.5433/1679-0367.1997v18n1p51

Direitos autorais 2016 Semina: Ciências Biológicas e da Saúde

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - NãoComercial 4.0 Internacional.

Semina: Ciênc. Biol. Saúde

email: seminabio@uel.br

Londrina - PR
ISSN Print: 1676-5435

EISSN: 1679-0367