Influência da brunidura e polimento nas restaurações de amálgama dental com alto teor de cobre: estudo com auxilio do microscópio eletrônico de varredura

Raul Santos de Sá, José Carlos Pereira, Guilherme Augusto de Barros Nolasco, Fátima Cristina de Sá

Resumo


Os autores investigaram o comportamento clínico da brunidura e polimento sobre a superfície e a margem da restauração de amálgama, utilizando uma limalha de fase dispersa com alto teor de cobre (Dispersalloy). Cento e quarenta espécimes foram avaliados, através do microscópio eletrônico de varredura e constataram, através da análise e comparação de fotomicrografías, que os dois procedimentos melhoram a textura superficial e que, após 6 meses e 1 ano, não existem diferenças estatisticamente significantes, quando se coteja a brunidura versus polimento, com relação à degradação marginal, sendo que esta se acentua com o passar do tempo, independente de serem somente brunidas ou esculpidas c polidas.



Palavras-chave


Amalgama dental; Brunidura; Polimento do amálgama.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.5433/1679-0367.1999v18n2p05

Direitos autorais 2016 Semina: Ciências Biológicas e da Saúde

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - NãoComercial 4.0 Internacional.

Semina: Ciênc. Biol. Saúde

email: seminabio@uel.br

Londrina - PR
ISSN Print: 1676-5435

EISSN: 1679-0367