Comentários sobre o ensino médico, como praticado na Universidade Estadual de Londrina

Altair Jacob Mocelin

Resumo


Considerações críticas à evolução do curso de medicina da Universidade Estadual da Londrina são freqüentes, ainda intramuros, sempre traduzindo subjetividade, porque não dispomos, em qualquer parâmetro, de coleta continuada de informações cientificamente validadas. Pode-se inferir da composição docente, extensamente apoiada cm professores sem pós-graduação envolvendo metodologia do ensino c iniciação científica, que a transferência de informações profossor-aluno careça de rigor científico desejável. Sugere-se que o Contro de Ciências da Saúde agilize a instituição de um escritório de ensino médico para diagnosticar a qualidade do curso e sugerir protocolos experimentais que estudem futuras sugestões de mudanças curriculares.



Palavras-chave


Escritório de Ensino; Curriculum módico; Avaliação estudantil.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.5433/1679-0367.1993v14n2p127

Direitos autorais 2016 Semina: Ciências Biológicas e da Saúde

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - NãoComercial 4.0 Internacional.

Semina: Ciênc. Biol. Saúde

email: seminabio@uel.br

Londrina - PR
ISSN Print: 1676-5435

EISSN: 1679-0367