Distribuição Espacial e Sazonal do Zooplancton no Rio Tibagi (Estado do Paraná, Brasil)

Rubens Mendes Lopes

Resumo


A composição e a distribuição do zooplâncton do Rio Tibagi foram estudadas de Abril/1990 a Fevereiro/1991. O trecho entre as nascentes e a região de Londrina foi caracterizado pela ocorrência de uma típica comunidade de deriva (potamoplâncton), dominada por Chydoridae (Cladocera), Cyclopidse (Copepoda), Bdelloidea (Rotsfera) e tecamebas. Os rotíferos foram pouco abundantes nas cabeceiras do rio, onde não existem fontes significativas de poluição, mas foram numericamente importantes nas demais localidades. Baixas densidades de copépodos e cladóceros foram registradas nas estações de coleta localizadas em Telêmaco Borba, uma área de intensa atividade industrial. O trecho inferior do rio (região do Sertanópolis) apresentou características semi-lênticas, evidenciadas pela dominância de espécies pelágicas de rotíferos, dadóceros e copêpodos.



Palavras-chave


Zooplâncton, Limnologia, Distribuição, Copopoda, Cladoccra, Rotitera, Arceilinida.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.5433/1679-0367.1993v14n2p95

Direitos autorais 2016 Semina: Ciências Biológicas e da Saúde

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - NãoComercial 4.0 Internacional.

Semina: Ciênc. Biol. Saúde

email: seminabio@uel.br

Londrina - PR
ISSN Print: 1676-5435

EISSN: 1679-0367