Investigação da realidade sócio-politíca e cultural de adolescentes de 12 a 18 anos matriculados em quatro escolas públicas da cidade de Cruz Alta nos anos de 1988 – 1989

Sandra Regina Sandri

Resumo


As aspirações profissionais, a visão de mundo e os conhecimentos a respeito de drogas e sexualidade, foram pesquisados em 210 alunos na faixa etária de 12 a 18 anos matriculados em três escolas periféricas e numa central, da cidade de Cruz Alta. Os adolescentes entrevistados, provindos, de famílias de baixa renda, configuraram o total de alunos que cursavam as séries iniciais do 1° grau nas referidas escolas. A desinformação, a alienação política, e o desejo de mudanças, principalmente no que se refere à situação sócio-económica e o relacionamento familiar evidenciado, indicam que o adolescente de baixo poder aquisitivo não está satisfeito com seu contexto. Pelos dados encontrados, poucos aspiram a profissões de nível superior. A escola e a sociedade têm um papel importante na manutenção do processo de marginalização a que estão submetidos esses adolescentes pela pouca informação e alternativas oferecidas aos mesmos.



Palavras-chave


Adolescentes provindos de famílias de baixa renda; Desinformação; Alienação política; Desejo de mudanças.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.5433/1679-0367.1990v11n2p131

Direitos autorais 2016 Semina: Ciências Biológicas e da Saúde

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - NãoComercial 4.0 Internacional.

Semina: Ciênc. Biol. Saúde

email: seminabio@uel.br

Londrina - PR
ISSN Print: 1676-5435

EISSN: 1679-0367