Efeito de dose única de testosterona na síntese de proteínas pelas células dos ductos granulosos da glândula submandibular do camundongo macho castrado

Luiz Carlos Bruschi, Flávio Fava de Moraes

Resumo


As glândulas submandibulares de camundongos machos castrados mostram uma atrofia do compartimento de duetos granulosos, com redução da síntese protéica por estas células. Neste trabalho, estudamos o efeito de uma única dose de testosterona no estímulo da síntese protéica por estas células. Determinamos passos e cronologia desta recuperação, pelo acompanhamento intermitente e a curtos intervalos de tempo. Demonstramos que após o estímulo hormonal, a glândula mostra uma queda na concentração de proteínas nas primeiras 12 horas, a partir do que, aumenta a síntese de proteínas exportáveis, chegando a um máximo no 59° dia após a injeção de testosterona. A análise de protease andrógeno-dependente, mostra similar cinética à síntese protéica, geral.



Palavras-chave


Glândula salivar; Sub mandibular; Síntese protéica; Testosterona; Dueto granuloso.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.5433/1679-0367.1987v8n2p61

Direitos autorais 2016 Semina: Ciências Biológicas e da Saúde

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - NãoComercial 4.0 Internacional.

Semina: Ciênc. Biol. Saúde

email: seminabio@uel.br

Londrina - PR
ISSN Print: 1676-5435

EISSN: 1679-0367