Nuvens escuras austrais. I - Contagem de estrelas e extinções visuais

Gilberto Carlos Sanzovo, Maria Alcina Braz

Resumo


Neste trabalho, o método de contagem de estrelas desenvolvido por Dickman (1976) foi aplicado a 3 nuvens escuras do Hemisfério Celeste Sul, com o objetivo de determinar a sua extinção visual, A y As nuvens foram selecionadas a partir dos Atlas ESO (B), SRC-J e ESO (R) e as contagens feitas em 2 campos distintos: o campo da nuvem escura e o campo de comparação, livre de obscurecimento. A partir dos valores determinados de A y, vários glóbulos escuros foram reconhecidos e suai dimensões estimadas.



Palavras-chave


Nuvens escuras; Extinções visuais; Contagem de estrelas.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.5433/1679-0367.1986v7n2p54

Direitos autorais 2016 Semina: Ciências Biológicas e da Saúde

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - NãoComercial 4.0 Internacional.

Semina: Ciênc. Biol. Saúde

email: seminabio@uel.br

Londrina - PR
ISSN Print: 1676-5435

EISSN: 1679-0367