Nova técnica de cubagem para estudo de correlações entre volume e peso de carrapatas e sua longevidade e prolificidade

Uriel Franco Rocha, David Ariovaldo Banzatto, Alvimar José da Costa, Fernando Duarte Galluzzi, Maria Cristina Cabral Garcia, Ricardo Bragança Faleiros, Odilon Vidotto

Resumo


Usou-se cilindro externo de seringa plástica hipodérmica para medir, por deslocação d'água, volume de fêmeas ingurgitadas de Boophilus microplus, medida que se correlacionou, de modo quase perfeito, com a do peso dessas fêmeas, determinado em duas balanças diferentes em precisão. Tal resultado justifica o emprego de tão simplificado equipamento volumétrico para pesagem indireta de carrapatas, em pesquisas de campo. Fêmeas maiores puseram mais ovos, iniciaram mais cedo a oviposição e sobreviveram menos que as menores, comparações estas todas estatisticamente significantes. Larvas de ácaro apresentaram hidrotropismo positivo e fototropismo negativo.



Palavras-chave


Cubagem de carrapatas; Volume & longevidade; Volume & prolificidade; Volume & peso.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.5433/1679-0367.1985v6n2p69

Direitos autorais 2016 Semina: Ciências Biológicas e da Saúde

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - NãoComercial 4.0 Internacional.

Semina: Ciênc. Biol. Saúde

email: seminabio@uel.br

Londrina - PR
ISSN Print: 1676-5435

EISSN: 1679-0367