Avaliação de perdas na colheita de soja (Glycine max (L.) Merrill) através do método volumétrico

Arinaldo de Menezes, Hideharu Carlos Ikehara, Celso de Almeida Gaudêncio, Cesar de Melo Mesquita, Paulo Roberto Galerani

Resumo


O presente trabalho teve como objetivo avaliar as perdas na colheita de soja em 30 propriedades agrícolas nos municípios de Cambe, Londrina e Sertanópolis no ano agrícola 82/83, através do Método de Avaliação Volumétrica. Este método consiste na utilização de um recipiente (copo) plástico graduado, com 4,5 cm de diâmetro e 14 cm de altura. Os grãos de soja perdidos durante a colheita, ou mesmo antes da colheita por deiscência natural, são coletados de uma área conhecida e colocados no recipiente. Pela correlação volume-peso tem-se a quantidade de soja perdida, em kg/ha. Os resultados mostraram que as perdas ocorridas nas lavouras de Cambe foude 1,45 sc/ha; de Londrina 1, 78 sc/ha e Sertanópolis 0,9 se/ha. A média das perdas ocorridas nas 30 propriedades nos três municípios, foi de 1,4 sc/ha.



Palavras-chave


Perda; Colheita; Soja; Avaliação; Método volumétrico.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.5433/1679-0367.1985v6n2p48

Direitos autorais 2016 Semina: Ciências Biológicas e da Saúde

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - NãoComercial 4.0 Internacional.

Semina: Ciênc. Biol. Saúde

email: seminabio@uel.br

Londrina - PR
ISSN Print: 1676-5435

EISSN: 1679-0367