Contribuição ao estudo do alcoolismo: repercussões anti-sociais

Sandra Vargas Nunes

Resumo


Análise de 31 casos de alcoolismo com o objetivo de verificar se a relação entre alcoolismo e atos anti-sociais se apresenta como um nexo de causa e efeito ou se, independentemente do alcoolismo, o indivíduo já praticava atos anti-sociais. A pesquisa foi realizada através de questionários-entrevista, fazendo-se um levantamento biográfico dos indivíduos desde a sua concepção até o momento atual. Verificou-se também sua adaptação ao meio familiar, social, escolar e profissional e a prática de atos anti-sociais na infância, de acordo com a classificação de GRUNSP Chegou-se à conclusão de que o nexo causal entre alcoolismo e atos anti-sociais apresenta-se como acidental e o alcoolismo não constitui necessariamente um fato responsável direto e único pelos atos anti-sociais, mas associado a fatores diversos, liberando instintos hetero-agressivos presentes nos indivíduos, mas reprimidos até então.


Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.5433/1679-0367.1982v3n12p317

Direitos autorais 2016 Semina: Ciências Biológicas e da Saúde

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - NãoComercial 4.0 Internacional.

Semina: Ciênc. Biol. Saúde

email: seminabio@uel.br

Londrina - PR
ISSN Print: 1676-5435

EISSN: 1679-0367