Estudo do crescimento e desenvolvimento em escolares de 11 a 16 anos de idade de diferentes níveis socioeconômicos

Dartagnan Pinto Guedes

Resumo


 

Determinação das características do crescimento e desenvolvimento em escolares de diferentes níveis sócio-econômicos. Avaliação de 360 crianças do sexo masculino, de 11 a 16 anos, que estudam na rede de escolas públicas no município de Londrina, Paraná. Foram realizadas medidas de altura, peso corporal, peso de gordura e massa corporal magra. Para determinar o peso de gordura utilizou-se a medida dos valores de dobras cutâneas, segundo padronização de Yuhasz. A população mensurada foi dividida em dois grupos, classificados pelo nível sócio-econômico determinado pela profissão dos pais, atendendo aos critérios da tabela de Glass, modificada por Hutchinson. Comparando-se os resultados obtidos entre o grupo considerado de baixo nível e o de alto nível sócio-econômico, foram verificadas diferenças estatisticamente significantes (P < 0,01) para todas as variáveis estudadas. Conclui-se, pelos dados obtidos com este estudo, que o aspecto sócio-econômico, aliado a outros fatores, pode influenciar, significativamente, no padrão de crescimento e desenvolvimento físico em menino de 11 a 16 anos.

 

 


Palavras-chave


Crescimento e desenvolvimento; escolares; diferenças sócio-econômicas.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.5433/1679-0367.1981v2n8p227

Direitos autorais 2016 Semina: Ciências Biológicas e da Saúde

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - NãoComercial 4.0 Internacional.

Semina: Ciênc. Biol. Saúde

email: seminabio@uel.br

Londrina - PR
ISSN Print: 1676-5435

EISSN: 1679-0367