Quotas de produção de açúcar: uma análise de causalidade

M. S. Queirós, Hideharu Carlos Ikehara, Sergio Alberto Brandt, Jackson Proença Testa

Resumo


 

O objetivo deste ensaio é testar as hipóteses de que (a) a quota de produção de açúcar ê exógena em relação à produção observada de açúcar; (b) os resíduos da relação entre produção observada e quotas de produção não são autocorrelacionados e (c) a variância da mesma relação é homogênea. O modelo proposto é baseado no teste de SIMS, utilizando-se dados de 1952-72, e os resultados obtidos apresentam evidência de que os produtores de açúcar criam expectativas futuras acerca das quotas de produção de açúcar a serem estabelecidas pelo IAA e de que eles ajustam sua produção de acordo com as expectativas formuladas.


Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.5433/1679-0367.1981v2n7p137

Direitos autorais 2016 Semina: Ciências Biológicas e da Saúde

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - NãoComercial 4.0 Internacional.

Semina: Ciênc. Biol. Saúde

email: seminabio@uel.br

Londrina - PR
ISSN Print: 1676-5435

EISSN: 1679-0367