Densidade do pitiguari (Cyclarhis gujanensis) em dois tipos de habitat florestais no Parque Estadual Mata do Godoy, norte do estado do Paraná

Thaís Fernanda de Assis, Luiz dos Anjos

Resumo


O Pitiguari (Cyclarhis gujanensis) está associado às áreas com árvores e borda de floresta. Neste estudo a densidade desta espécie de ave foi comparada em dois tipos de habitats florestais no Parque Estadual Mata do Godoy, norte do Paraná, sul do Brasil. O primeiro habitat encontra-se perto de uma clareira e outro no interior da floresta. O método de transecção e o software Distance 6.0 foram utilizados para obter a densidade do pitiguari. A densidade foi maior no habitat próximo a clareira (14,88 indivíduos/ km2) do que no interior de floresta (2,51 indivíduos/km2; Teste G = 9,47, gl = 1, P < 0.01). A alta densidade em clareiras sugere que esta ave pode ser favorecida com a fragmentação da floresta e que seu aumento populacional pode ser usado como um indicador biológico de áreas perturbadas.


Palavras-chave


Clareira; Indicador Biológico; Borda de floresta; Cyclarhis gujanensis; Transecção; Densidade; Distribuição espacial.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.5433/1679-0367.2012v33n2p147

Direitos autorais 2016 Semina: Ciências Biológicas e da Saúde

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - NãoComercial 4.0 Internacional.

Semina: Ciênc. Biol. Saúde

email: seminabio@uel.br

Londrina - PR
ISSN Print: 1676-5435

EISSN: 1679-0367