Diabetes insipidus: principais aspectos e análise comparativa com diabetes mellitus

Danielly Mesquita Figueiredo, Flávia Lúcia Abreu Rabelo

Resumo


O diabetes mellitus é uma doença caracterizada pelo excesso de açúcar no sangue e na urina. Os dois tipos mais comuns de diabetes são diabetes mellitus insulino-dependente e diabetes mellitus insulino – resistente, e que ambos apresentam comprometimento da regulação da glicemia por ação da insulina. No entanto, existe outra forma de diabetes menos conhecida, mas não menos importante, o diabetes insipidus, que é caracterizado por um distúrbio na síntese, secreção ou ação do ADH (hormônio antidiurético), que pode resultar em síndromes poliúricas com excreção aumentada de urina hipotônica. Fisiologicamente, variações na pressão osmótica ativam osmorreceptores que estimulam a secreção do ADH e esse aumenta a reabsorção de água nos túbulos coletores renais. O presente artigo propõe revisar um estudo abrangente do diabetes insipidus, visando a uma análise comparativa da incidência, diagnóstico, causas, tipos, tratamento e conseqüências entre diabetes insipidus e diabetes mellitus. Diabetes mellitus e insipidus são duas patologias diferentes com a única semelhança que é o próprio diabetes, isto é, poliúria estabelecida. O conhecimento das significativas diferenças entre as patologias estudadas é importante, uma vez que o diabetes insipidus é menos conhecido, porém pode levar a sérias complicações se não for adequadamente tratado.

 

 


Palavras-chave


Diabetes; Insipidus; Mellitus; ADH.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.5433/1679-0367.2009v30n2p155

Direitos autorais 2016 Semina: Ciências Biológicas e da Saúde

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - NãoComercial 4.0 Internacional.

Semina: Ciênc. Biol. Saúde

email: seminabio@uel.br

Londrina - PR
ISSN Print: 1676-5435

EISSN: 1679-0367