Gestão participativa: estratégia de consolidação do sistema único de saúde

Edirlei Machado dos Santos

Resumo


Na atual conjuntura das políticas de saúde no Brasil e da evolução do Sistema Único de Saúde (SUS), tem sido bastante evidenciada a participação da sociedade na avaliação e implementação de propostas que garantam a consolidação do SUS em todos os níveis, tipos de serviços e esferas de governo. O artigo buscou conceitualizar e caracterizar a gestão participativa, por meio de referenciais teóricos que tomam o controle social como estratégia da participação no processo de consolidação do Sistema Único de Saúde.

 

 


Palavras-chave


Participação Comunitária; Reforma dos Serviços de Saúde.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.5433/1679-0367.2009v30n2p107

Direitos autorais 2016 Semina: Ciências Biológicas e da Saúde

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - NãoComercial 4.0 Internacional.

Semina: Ciênc. Biol. Saúde

email: seminabio@uel.br

Londrina - PR
ISSN Print: 1676-5435

EISSN: 1679-0367