Níveis diários de arraçoamento para alevinos de tilápia do nilo (oreochromis niloticus, l.) cultivados em baixas temperaturas

Nandeyara Ribeiro Marques, Carmino Hayashi, Claudemir Martins Soares, Telma Soares

Resumo


O experimento foi realizado no Laboratório de Aqüicultura da Universidade Estadual de Maringá, com o objetivo de avaliar o nível ideal de arraçoamento para alevinos de tilápia do Nilo (Oreochromis niloticus). Foram utilizados oitenta alevinos com peso médio inicial de 0,88 ± 0,12 g e comprimento inicial médio de 3,76 ± 0,20 cm, distribuídos em 16 tanques-rede situados em quatro caixas de 1000 L. Cada tanque-rede com cinco peixes foi considerado como unidade experimental. O delineamento foi inteiramente casualizado, com quatro tratamentos e quatro repetições (4, 7, 10 e 13% do peso vivo). Os animais foram alimentados com ração contendo 30% de proteína bruta. As variáveis avaliadas foram peso final médio (PF), ganho de peso (GP), conversão alimentar (CA), comprimento final médio (CF) uniformidade do lote (UNI) e sobrevivência (S). O PF, CF e CA apresentaram relação linear positiva (P<0,05). O GP apresentou relação quadrática (P<0,04), com ponto de máximo em 11,55%. A UNI e a S não apresentaram diferenças significativas (P>0,05) entre os tratamentos. Os parâmetros físico-químicos permaneceram dentro da faixa recomendada para os peixes. Concluiu-se que o nível ideal de arraçoamento para alevinos de tilápia do Nilo em uma temperatura média de 23ºC é 11,55% do peso vivo dos mesmos.

 

 


Palavras-chave


Alimentação; Arraçoamento; Desempenho; Nutrição; Oreochromis niloticus; Tilápia do Nilo.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.5433/1679-0367.2003v24n1p97

Direitos autorais 2016 Semina: Ciências Biológicas e da Saúde

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - NãoComercial 4.0 Internacional.

Semina: Ciênc. Biol. Saúde

email: seminabio@uel.br

Londrina - PR
ISSN Print: 1676-5435

EISSN: 1679-0367