Suplementação de óleo de peixe em pacientes com câncer de mama com quimioterapia neoadjuvante pode alterar parâmetros nutricionais, bioquímicos e imunológicos?

Ana Julia Lieber Rosset, Mariana Abe Vicente Cavagnari, Angélica Rocha de Freitas Melhem, Gabriela Datsch Bennemann, Diogo Dequech Gavarrete, Dalton Luiz Schiessel

Resumo


O objetivo foi avaliar os efeitos da suplementação de ácidos graxos n-3 em pacientes com câncer de mama. Metodologia: estudo prospectivo longitudinal realizado em pacientes suplementados com óleo de peixe durante 8 semanas em quimioterapia neoadjuvante com regime AC-T. Antropometria e impedância bioelétrica (massa corporal magra (massa magra) - ângulo de fase (AP)), consumo alimentar, sintomas de impacto nutricional (SIN) e perfil metabólico e inflamatório foram avaliados. Resultados: Os pacientes apresentaram ganho de peso de 1,4 kg, representando 1,8% do peso corporal. LBM foi 42,3 kg e AP 6,1º. Náusea, diarreia e anorexia foram o SIN com redução na incidência com a suplementação, mas a xerostomia e a azia aumentaram. Houve uma queda significativa nos valores de hemoglobina para 12,3 mg/dL, parâmetros metabólicos e prognóstico nutricional (relação PCR/albumina) não foram alterados. Os níveis de citocinas de TNF-? e interleucina-6 não mudaram, entretanto a interleucina-2 mostrou um aumento significativo. Conclusão: O ganho de peso corporal foi observado nas pacientes com câncer de mama, independente do consumo alimentar. Durante a quimioterapia neoadjuvante com suplementação de óleo de peixe houve redução da presença de SIN, diminuição dos níveis de hemoglobina e manutenção de parâmetros bioquímicos e inflamatórios, exceto pelo aumento da citocina IL-2.

Palavras-chave


Avaliação nutricional; Câncer de mama; Óleo de peixe. Quimioterapia. Citocinas.

Texto completo:

PDF (English)


DOI: http://dx.doi.org/10.5433/1679-0367.2019v40n2p185

Direitos autorais 2019 Semina: Ciências Biológicas e da Saúde

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - NãoComercial 4.0 Internacional.

Semina: Ciênc. Biol. Saúde

email: seminabio@uel.br

Londrina - PR
ISSN Print: 1676-5435

EISSN: 1679-0367