Determinação dos diagnósticos de depressão, tentativa de suicídio, gravidez, vírus da imunodeficiência humana (HIV) e doenças sexualmente transmissíveis (DST) em adolescentes e adultos jovens

Sandra Odebrecht Vargas Nunes, Rosemarie Elizabeth de Abreu, Ana Lúcia Hirata, Mariane Vargas Alves Nunes, Renata Merli Franco, Luisa Raizer Barbosa

Resumo


O objetivo deste trabalho foi determinar a freqüência dos diagnósticos de Depressão, Tentativas de Suicídio, Doenças Sexualmente Transmissíveis (DST), HIV (Vírus da Imunodeficiência Humana) e Gravidez; coletados de 2523 prontuários de adolescentes nas idades de 10 a 16 anos e de 17 a 25 anos, atendidos no Hospital Universitário (HU/UEL). De 10 a 16 anos, os diagnósticos e identidade de gênero foram: Depressão (6 feminino, 8 masculino), tentativas de suicídio (2 feminino, 2 masculino), HIV (2 feminino, 1 masculino), DST (8 feminino, 1 masculino), Gravidez (n=227). Nas idades de 17 a 25 anos os diagnósticos e a identidade de gênero foram: Depressão (46 feminino, 7 masculino), tentativas de suicídio (11 feminino, 2 masculino), DST (90 feminino, 22 masculino), HIV (19 feminino, 9 masculino) e gravidez (n=2074). Os resultados sugerem o aumento na freqüência dos diagnósticos estudados nas idades de 17 a 25 anos. As condutas de risco iniciaram-se precocemente, por volta de 10 a 16 anos. Sugerem-se intervenções que privilegiem o aumento da auto-estima e dêem atenção em prevenção pela educação e detecção precoce, que antecede o ensino médio.


Palavras-chave


Adolescência; Gravidez; Depressão; Tentativa de suicídio; Doenças Sexualmente Transmissíveis.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.5433/1679-0367.2005v26n2p109

Direitos autorais 2016 Semina: Ciências Biológicas e da Saúde

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - NãoComercial 4.0 Internacional.

Semina: Ciênc. Biol. Saúde

email: seminabio@uel.br

Londrina - PR
ISSN Print: 1676-5435

EISSN: 1679-0367