Atividade clastogênica e genotóxica de altas concentrações do extrato aquoso de Agaricus brasiliensis e diferentes respostas quando associado aos inibidores de reparo de DNA, ARA-C e 3DEOT, in vitro.

Mario Sergio Mantovani, Renata Matuo, Marilanda Ferreira Bellini, Rodrigo Juliano Oliveira, Lucia Regina Ribeiro

Resumo


O Agaricus brasiliensis Wasser & Didukh – Ab (=Agaricus blazei Murrill ss. Heinemann) é um basidiomiceto que vem sendo consumido em diversas partes do mundo no combate e tratamento de muitas doenças. Neste estudo, foram testados, em células de ovário de hamster chinês (CHO-k1), os efeitos clastogênicos e genotóxicos de altas concentrações de Ab e seu potencial protetor, por meio dos ensaios de aberração cromossômica (AC) e cometa (SCGE), associados a dois bloqueadores de reparo do DNA (citosina arabinoside trifosfato - Ara-C - inibidor de DNA polimerase a e 3’deoxitimidina 5’trifosfato - 3DeoT - inibidor de DNA polimerase b), na presença ou não de um agente alquilante (metilmetanosulfonato). No teste de clastogenicidade, verificou-se que as concentrações 0,2 e 0,4% não se mostraram indutoras de dano, ao contrário da maior concentração (0,6%). Nos tratamentos de genotoxicidade no SCGE, a concentração de 0,2% do extrato não mostrou atividade genotóxica, ao contrário das concentrações de 0,4 e 0,6%, as quais foram efetivas indutoras de danos no DNA. Os resultados de anticlastogenicidade indicaram que, na maioria dos tratamentos realizados, o extrato aquoso de Ab não apresentou atividade protetora contra danos no DNA, induzidos pela Ara-C e Ara-C + MMS. Pelo SCGE, Ab, nas três concentrações testadas, não mostrou atividade antigenotóxica. Os dados sugerem cuidado no consumo e ingestão de Ab por seres humanos, principalmente em altas concentrações.


Palavras-chave


Agaricus brasiliensis; Aberração Cromossômica; Ensaio do Cometa; Reparo de DNA.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.5433/1679-0367.2006v27n1p13

Direitos autorais 2016 Semina: Ciências Biológicas e da Saúde

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - NãoComercial 4.0 Internacional.

Semina: Ciênc. Biol. Saúde

email: seminabio@uel.br

Londrina - PR
ISSN Print: 1676-5435

EISSN: 1679-0367