Métodos de triagem e de confirmação para detecção de BLEAs (beta lactamases de espectro ampliados) em isolados de Klebsiella pneumoniae

Eliana Carolina Vespero, Marcia Regina Eches Perugini, Halha Ostrensky Saridakis

Resumo


BLEAs (ß-lactamases de espectro estendido) são enzimas produzidas por várias espécies de Enterobacteriaceae, principalmente Klebsiella pneumoniae, as quais conferem resistência aos ßlactâmicos de espectro ampliado e aztreonam. Considerando a importância da detecção de BLEAs, neste estudo foram comparados métodos de triagem e de confirmação. As 107 amostras de K. pneumoniae, isoladas de pacientes com infecção urinária foram triadas quanto à produção de BLEAs, segundo normas do NCCLS 2005, utilizando microdiluição em caldo no Microscan Walkaway e teste de disco difusão de Kirby-Bauer (KBD). As 55 cepas selecionadas foram submetidas a ensaios de confirmação como possíveis produtoras de BLEAs (51,4%): E-test, aproximação com discos duplos (DD) e associação com ácido clavulânico (CA). A produção de BLEAs foi detectada pelos cinco métodos em 38 (69%) amostras e 10 amostras (18,2%) foram negativas para o teste DD. Sete amostras (12,7%) não apresentaram valores sugestivos no método automatizado e também foram negativos no teste de DD, mas os valores dos halos no teste de KBD foram indicativos da produção de BLEAs. Estes resultados sugerem que o uso combinado do método KBD e associação com CA podem ser utilizados como um sistema alternativo eficiente e menos dispendioso que o E-test.


Palavras-chave


K.pneumoniae; Beta-lactamases de espectro ampliado (BLEAs); Triagem.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.5433/1679-0367.2007v28n1p33

Direitos autorais 2016 Semina: Ciências Biológicas e da Saúde

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - NãoComercial 4.0 Internacional.

Semina: Ciênc. Biol. Saúde

email: seminabio@uel.br

Londrina - PR
ISSN Print: 1676-5435

EISSN: 1679-0367