Evolução dos conhecimentos sobre doenças imunopreveníveis de alunos no curso de Medicina da Universidade Estadual de Londrina

Márcia Cristina Bento Moreira, Gerson Zanetta de Lima

Resumo


Profissionais de saúde constituem um grupo de especial preocupação em relação às doenças infecciosas, por serem mais expostos à infecção e representarem risco para si e para seus pacientes, por isso um esquema especial de vacinação tem sido recomendado para esta população nos últimos anos. O presente estudo teve como objetivos a avaliação da situação vacinal e a evolução dos conhecimentos acerca de doenças imunopreveníveis por alunos matriculados no Curso de Medicina da Universidade Estadual de Londrina (UEL) em 2006. Foram utilizados um questionário auto-aplicável e uma entrevista com os alunos da 1ª, 3ª e 6ª séries, com a finalidade de verificar as vacinas por eles recebidas e os conhecimentos acerca das doenças infectocontagiosas a que estão expostos. Foram incluídos 219 (91,2%) alunos dos 240 matriculados, sendo 75 (34,2%), 78 (35,6%) e 66 (30,1%) da 1ª, 3ª e 6ª séries, respectivamente. Todos são brasileiros e 189 (86,3%) relataram ter recebido, com certeza, as vacinas da infância; 134 (61,2%) informaram apresentar cicatriz de BCG, 172 (78,5%) referiram ter recebido vacinas nos últimos 5 anos. Formularam-se perguntas acerca de uma lista de doenças infecciosas e os resultados das respostas das três séries foram comparados e apresentaram diferenças significativas entre os alunos do início e os do fim do curso com relação ao número de respostas certas à 1ª e à 2ª questões (p<0,001); além disso o número de acertos foi crescente conforme a série. Os resultados demonstraram uma evolução positiva da cobertura vacinal com a progressão das séries, mas os valores de cobertura variaram conforme a vacina e, ademais, muitos alunos da 6ª série ainda apresentavam vacinação incompleta em relação à recomendada pelas autoridades sanitárias do país.


Palavras-chave


Universitários; Doenças imunopreveníveis; Imunizações; Cobertura vacinal.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.5433/1679-0367.2007v28n1p15

Direitos autorais 2016 Semina: Ciências Biológicas e da Saúde

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - NãoComercial 4.0 Internacional.

Semina: Ciênc. Biol. Saúde

email: seminabio@uel.br

Londrina - PR
ISSN Print: 1676-5435

EISSN: 1679-0367