A dependência da nicotina associada ao uso de álcool e outras substâncias psicoativas

Márcia Regina Pizzo de Castro, Sandra Odebrecht Vargas Nunes, Danilo Donizete de Faria, Carlos Eduardo Bobroff da Rocha, Rafaela Serra Bacchi

Resumo


Analisar a associação entre a dependência de nicotina com o uso de álcool, outras substâncias psicoativas e transtorno depressivo. Os tabagistas foram recrutados a partir do Centro de Referência de Abordagem e Tratamento do Tabagismo no Hospital de Clínicas da Universidade Estadual de Londrina (AHC/UEL). Todos os participantes foram informados e assinaram o termo de consentimento livre e esclarecido aprovado pelo Comitê de Ética em Pesquisa da Universidade Estadual de Londrina. Os instrumentos foram: questionário estruturado, teste de triagem do envolvimento com álcool, tabaco e outras substâncias (ASSIST v 3.0), teste de Fargerström de Dependência de Nicotina (FTND) e critérios diagnósticos para pesquisa de transtorno depressivo, da Organização Mundial da Saúde. Os tabagistas apresentaram as seguintes características sócio-demográficas: predomínio do sexo feminino, e média de idade de 47 anos, com capacidade para atividades domésticas e trabalho. A média de idade de início do uso do tabaco foi de 16 anos. O teste de Fagerström apresentou uma pontuação média de seis, tanto para tabagistas com e sem uso de substâncias psicoativas, A relação encontrada entre a depressão grave e o uso de substâncias psicoativas foi significativa. Este estudo evidenciou uma associação entre o uso do tabaco, de outras substâncias psicoativas e transtorno depressivo. Os profissionais da saúde deveriam identificar subgrupos de fumantes adultos com associação de depressão e uso de substâncias psicoativas, e promover uma intervenção em ambas as comorbidades para maior efetividade do abandono do tabaco.


Palavras-chave


Dependência de nicotina; Uso de álcool; Uso de substâncias psicoativas; Transtorno depressivo.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.5433/1679-0367.2008v29n2p131

Direitos autorais 2016 Semina: Ciências Biológicas e da Saúde

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - NãoComercial 4.0 Internacional.

Semina: Ciênc. Biol. Saúde

email: seminabio@uel.br

Londrina - PR
ISSN Print: 1676-5435

EISSN: 1679-0367