Monitoramento e controle de Aedes aegypti (Linnaeus, 1762) e Aedes albopictus (Skuse, 1984) com uso de ovitrampas

João Antonio Cyrino Zequi, Amanda Araujo de Oliveira, Fernando Pereira dos Santos, José Lopes

Resumo


Aedes aegypti (Linnaeus, 1762) é o principal vetor do vírus do dengue, e coloca sob risco metade da população mundial. É um mosquito antropofílico e veicula também os vírus Chikungunya e Zika vírus. Aedes albopictus (Skuse, 1894) é abundante em áreas com vegetação próximas a residências e pode transmitir os vírus Chikungunya e febre amarela. Estratégias de monitoramento e controle desses vetores são necessários para redução da circulação viral. Estimar a variação populacional de Ae. aegypti e Ae. albopictus em relação à urbanização e aferir relações de sobreposição e competição desses vetores com o uso de ovitrampas foram os objetivos deste estudo. A amostragem foi realizada em 10 locais no campus da Universidade Estadual de Londrina, entre abril e outubro de 2015. A ovitrampa foi elaborada com pote plástico escuro, contendo no seu interior água, uma palheta, mistura atrativa e temephós. Os ovos coletados nas palhetas foram submetidos a eclosão para identificação das espécies por meio das larvas. Coletou-se 46.879 ovos de Aedes e abril apresentou a maior densidade de ovos (IDO=49,0). A temperatura apresentou forte correlação (r=0,88) com a atividade de oviposição, entre abril a julho. Aedes aegypti predominou em áreas urbanas nos diferentes locais. Os resultados obtidos comprovam que a ovitrampa é uma ferramenta eficaz para monitorar e auxiliar em estratégias de controle da população destes vetores.<p/align="justify">


Palavras-chave


Dengue; Mosquito; Zika vírus

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.5433/1679-0367.2018v39n2p93

Direitos autorais 2019 Semina: Ciências Biológicas e da Saúde

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - NãoComercial 4.0 Internacional.

Semina: Ciênc. Biol. Saúde

email: seminabio@uel.br

Londrina - PR
ISSN Print: 1676-5435

EISSN: 1679-0367