Estimativa de custos diretos para a implantação e efetivação da vacinação contra o HPV no Estado do Amazonas

Patricia da Silva Magalhães, André Luiz Machado das Neves, Zilmar Augusto de Souza Filho

Resumo


O estudo estimou os custos diretos da implantação e efetivação das campanhas de vacinação contra o HPV no Estado do Amazonas. Trata-se de um estudo transversal prospectivo, com uso de modelos matemáticos e descritivo de avaliação econômica em saúde. Utilizou-se dados primários e secundários para estimativa dos custos envolvidos nas campanhas realizadas entre os anos de 2013 a 2014. Avaliou-se os custos através da análise de correlação de Pearson, com valores significativos de p(menor ou igual)0,05. Identificou-se que no Amazonas, o percentual de cobertura da campanha para a 1ª dose foi de 95,4%, na 2ª dose a cobertura foi de 94,4% e na 3ª dose 84,1% da população de adolescentes do sexo feminino. Os custos diretos totais estimados para as três etapas da campanha, revelaram o valor de R$ 16.149.814,79, aplicados através da Secretaria de Estado de Saúde do Amazonas, bem como os custos apresentaram correlação estatisticamente significativa com a variável população alvo (p<0,001). A realização de campanhas de vacinação no Amazonas é muito onerosa e deve-se considerar a complexidade e dinamicidade da territorialidade do Estado e os recursos humanos, fazendo-se necessário a aplicação do princípio da equidade no processo de planejamento das ações de saúde para a implantação e efetivação de campanhas de vacinação na Amazônia.

Palavras-chave


Gastos em saúde; Custos e análise de Custo; Vacina; HPV.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.5433/1679-0367.2018v39n1p41

Direitos autorais 2018 Semina: Ciências Biológicas e da Saúde

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - NãoComercial 4.0 Internacional.

Semina: Ciênc. Biol. Saúde

email: seminabio@uel.br

Londrina - PR
ISSN Print: 1676-5435

EISSN: 1679-0367