Análise cariotípica através de citogenética clássica e molecular na espécie Coendou prehensilis (Mammalia, Rodentia)

Roney Silva da Silva, Anderson José Baía Gomes, Edivaldo Herculano Correa de Oliveira

Resumo


Os roedores do gênero Coendou são incluídos na família Erethizontidae, e juntamente com o gênero Sphiggurus, formam a subfamília Erethizontinae. São vulgarmente conhecidos como porco espinho do Novo Mundo, pelo fato de possuírem uma pelagem formada por uma mistura de pelos rígidos, que formam os “espinhos”, e pelos mais finos e macios. Possuem hábitos arborícolas e são primariamente herbívoros, mas alimentam-se de insetos como complemento alimentar. Os dados citogenéticos para esta espécie ainda são escassos, restringindo-se à descrição cariotípica com coloração convencional. No presente trabalho apresentamos a descrição cariotípica de um exemplar do gênero Coendou prehensilis, coletado na região do Baixo Tocantins, em uma localidade de ilhas no município de Abaetetuba-Pará, Brasil. Foram obtidos dados de coloração convencional, bandeamento G e C e FISH com sondas de DNA ribossomal 18S e teloméricas. As preparações cromossômicas foram obtidas por meio de cultura de fibroblastos a partir de biopsia de pele. Nossos resultados confirmaram o número diploide dessa espécie, 2n=74 NF= 82. O complemento cromossômico é composto em sua maioria por cromossomos acrocêntricos, o cromossomo X é o maior elemento, e o Y é um pequeno telocêntrico. Sondas de rDNA 18S hibridizaram em um par de tamanho médio, na região proximal, os blocos de heterocromatina constitutiva foram evidenciados nos sítios pericentroméricos de todos os cromossomos e nas regiões intersticiais de 4 pares. Cariótipos com elevado número diploide são uma característica dos grandes roedores amazônicos. Adicionalmente a presença de uma maioria de cromossomos acrocêntricos, é semelhante ao de Cuniculus paca, filogeneticamente mais próxima de Coendou, em relação aos demais roedores da superfamília Cavioidea, enquanto a presença do cromossomo X como maior elemento com complemento foi também observado na capivara (gênero Hydrochoerus) pertencente à mesma superfamília de Cuniculus.


Palavras-chave


Roedor; Porco-espinho; Citogenética

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.5433/1679-0367.2017v38n1suplp72

Direitos autorais 2018 Semina: Ciências Biológicas e da Saúde

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - NãoComercial 4.0 Internacional.

Semina: Ciênc. Biol. Saúde

email: seminabio@uel.br

Londrina - PR
ISSN Print: 1676-5435

EISSN: 1679-0367