Variação cromossômica intraespecífica em Alophia drummondii (Graham) R. Foster (Iridaceae)

Sandra Mendes, Lânia Alves, Leonardo Félix, Marcelo Guerra

Resumo


O gênero Alophia (Iridaceae) apresenta três espécies no Brasil, sendo Alophia drummondii (Graham) R. Foster a mais amplamente distribuída com vários níveis de ploidia e cariótipo bimodal. Com o objetivo de investigar a variação cromossômica intraespecífica dessa espécie, foram analisados 21 indivíduos utilizando bandeamento CMA/DAPI e FISH com sondas de DNAr 5S e 35S. A fórmula cariotípica observada nesses indivíduos revelou mudanças na morfologia dos cromossomos nos diferentes níveis de ploidia: 2x (2n = 14, 2Mg + 12Mp), 4x (2n = 28, 2Mg + 2SMg + 24Mp), 6x (2n = 42, 4Mg + 2SMg + 36Mp), 8x (2n = 56, 4Mg + 4SMg + 48Mp/ 6Mg + 2SMg + 48Mp). Além disso, foram observadas variações no número e posição das bandas CMA+. Nos indivíduos 2x foram observadas seis bandas, sendo duas no par grande na região intersticial e quatro bandas pericentroméricas em dois pares de cromossomos pequenos. Nos tetraplóides as bandas CMA+ foram localizadas na região pericentromérica do par grande e em dois pares pequenos. O citótipo 6x também apresentou seis bandas CMA+, sendo quatro bandas em dois pares grandes nas regiões intersticial e proximal e uma banda fraca em um par de cromossomos pequenos. No citótipo 8x o número de bandas CMA+ variou de quatro a seis.  Além disso, foi observada a presença de bandas DAPI+ centroméricas na maioria dos cromossomos. A maior variação foi observada nos sítios de DNAr 5S e 35S. Os citótipos 4x apresentaram 10 a 18 sítios de DNAr 5S e dois a oito sítios de DNAr 35S, sendo três pares com sítios de DNAr 5S e 35S adjacentes. Entre os indivíduos 6x, houve uma variação de 4 a 12 sítios de 5S e de 8 a 12 sítios de 35S. Desses, um a dois pares eram adjacentes. Entre os indivíduos 8x, foi observada uma variação de 18 a 22 sítios de  DNAr 5S e 14 a 24 sítios de DNAr 35S, apresentando de dois a dez sítios adjacentes. Esses resultados revelam que além da variação em nível de ploidia os cariótipos dessa espécie sofreram também diversificação estrutural, com possível implicação para o isolamento genético entre alguns desses citótipos.

Palavras-chave


Alophia; Variação cromossômica, CMA, FISH

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.5433/1679-0367.2017v38n1suplp252

Direitos autorais 2018 Semina: Ciências Biológicas e da Saúde

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - NãoComercial 4.0 Internacional.

Semina: Ciênc. Biol. Saúde

email: seminabio@uel.br

Londrina - PR
ISSN Print: 1676-5435

EISSN: 1679-0367