Efeitos induzidos pelo treinamento de força: revisão sobre as alterações fisiológicas em indivíduos hipertensos

Nadson Duarte Silva Junior, George Gonçalves dos Santos

Resumo


Objetivo: Contextualizar, por meio de revisão sistemática da literatura, os principais efeitos induzidos pelo Treinamento de Força (TF) em indivíduos portadores de Hipertensão Arterial (HA). Método: Selecionou-se artigos originais publicados na base de dados online US National Library of Medicine National Institutes of Health (PubMed), mediante os filtros “Free Full text”, “published in the last 5 year” (de 2011 a 2016), utilizando-se para busca o termo “Strength Training and arterial hypertension”. Resultados: Dos 105 artigos encontrados, 12 foram incluídos nesta revisão. Considerações finais: Diferentes estudos demonstraram que a redução da pressão arterial sistêmica aparece como um dos principais efeitos do TF no organismo dos indivíduos hipertensos. Este efeito viabilizou-se, sobretudo, a partir de alterações morfofisiológicas específicas, tais como a redução da resistência vascular periférica, o declínio no débito cardíaco e a liberação de fatores vasoativos. 


Palavras-chave


Treinamento de Resistência; Hipertensão arterial; Fisiologia cardiovascular

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.5433/1679-0367.2016v37n2p107

Direitos autorais 2017 Semina: Ciências Biológicas e da Saúde

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - NãoComercial 4.0 Internacional.

Semina: Ciênc. Biol. Saúde

email: seminabio@uel.br

Londrina - PR
ISSN Print: 1676-5435

EISSN: 1679-0367