Cuidados de enfermagem na prevenção de úlcera por pressão em pacientes acamados no domicílio

Arlene Laurenti M. Ayala, Ana Carolina Braz Pelário da Silva Galende, Francine Renata Stoeberl

Resumo


Este estudo foi desenvolvido na área de abrangência de uma Unidade Básica de Saúde em Joinville/SC com pacientes acamados no domicílio. Teve como objetivos, caracterizar o risco dos acamados para o desenvolvimento de úlcera por pressão; descrever os fatores propícios para o seu surgimento e avaliar a adesão aos cuidados prescritos na prevenção desta lesão. Trata-se de um estudo descritivo e exploratório. A coleta de dados foi realizada por meio de instrumento contendo dados de identificação, condições clínicas dos pacientes e pela aplicação da escala de Braden. Foram avaliados 12 pacientes acamados. A média de idade dos pacientes avaliados foi de 80,5 anos. A maioria era branca, com baixa escolaridade e dependente dos serviços públicos de saúde. Todos os pacientes possuíam alguma doença de base, sendo a mais frequente o Acidente Vascular Cerebral. O tempo de acamado foi de 67 meses (± 53). A mobilidade e a percepção sensorial estavam completamente ou muito limitadas, em 83% e 50% dos avaliados, respectivamente. 67% dos usuários apresentavam o estado nutricional muito pobre ou inadequado e 92% a pele constantemente úmida ou muito úmida. A baixa ingesta hídrica esteve presente para todos os participantes. A adesão dos cuidadores aos cuidados prescritos foi parcial. Ao final do estudo constatou-se que os achados estão em consonância com os dados da literatura e que os pacientes investigados possuíam um risco elevado para o desenvolvimento de úlcera por pressão, uma vez que os fatores propícios ao aparecimento da lesão se mostravam com frequências elevadas.

Palavras-chave


Úlcera por pressão; Assistência domiciliar; Fatores de risco.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.5433/1679-0367.2016v37n2p25

Direitos autorais 2017 Semina: Ciências Biológicas e da Saúde

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - NãoComercial 4.0 Internacional.

Semina: Ciênc. Biol. Saúde

email: seminabio@uel.br

Londrina - PR
ISSN Print: 1676-5435

EISSN: 1679-0367