Impacto das infecções relacionadas à assistência à saúde em pacientes acometidos por trauma

Érika Mitiyo Watanabe, Vanessa Fraga de Almeida, Anali Fernanda Ottunes, Elma Mathias Dessunti, Flávia Meneguetti Pieri, Eleine Aparecida Penha Martins, Gilselena Kerbauy

Resumo


As infecções relacionadas à assistência hospitalar impactam negativamente a saúde de pacientes hospitalizados, e refletem em elevados índices de morbimortalidade. Este estudo epidemiológico descritivo teve como objetivo caracterizar as infecções e avaliar seu impacto na saúde de pacientes acometidos por trauma, em um hospital universitário, no período de um ano. Os resultados mostraram que a prevalência das infecções nos pacientes do estudo foi elevada (15,6%), acometendo principalmente o sexo masculino (80,0%), com idade entre 18 e 40 anos (47,5%), período de internação maior que 15 dias (78,6%), mais frequente no trauma fechado (54,0%) e nas queimaduras (32,5%). Os principais sítios de infecção foram a pneumonia (49,5%) seguida pela infecção do trato urinário (23,8%). A intubação orotraqueal e o cateterismo vesical de longa permanência estiveram significativamente relacionados à maioria das pneumonias (60,3%; p<0,001) e infecções do trato urinário (77,3%; p<0,001), aumentando os riscos para tais infecções em 20 e 6 vezes, respectivamente. A sepse acometeu 44,7% dos pacientes. Ampla gama de microrganismos apresentou resistência aos antimicrobianos, sendo Acinetobacter baumannii (92,7%, p<0,001) e Klebsiella pneumoniae (70,5%, p<0,001) os mais prevalentes. Evoluíram a óbito 28,8% dos pacientes, e 96,8% das mortes relacionavam-se às infecções. A relação das infecções com o óbito foi estatisticamente significativa em pacientes com pneumonia (37,8%, p<0,001) e sepse (54,2%, p<0,001). A relação das infecções com a maioria dos óbitos evidenciou o impacto negativo desta complicação na saúde das vítimas de traumas.

Palavras-chave


Infecção Hospitalar; Sepse; Epidemiologia; Causas Externas.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.5433/1679-0367.2015v36n1Suplp89

Direitos autorais 2016 Semina: Ciências Biológicas e da Saúde

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - NãoComercial 4.0 Internacional.

Semina: Ciênc. Biol. Saúde

email: seminabio@uel.br

Londrina - PR
ISSN Print: 1676-5435

EISSN: 1679-0367