Dados epidemiológicos de deficientes mentais matriculadas no Instituto Londrinense de Educação para Crianças Especiais

Jose Eduardo Baroneza, Daniela Canavezi, Léo Augusto da Silva Vinci, Fabíola Felix Tanko, Wagner José Martins Paiva, Regina Coimbra, Aline Pic-Taylor, Maria José Sparça Salles

Resumo


Este trabalho teve o objetivo de analisar alunos portadores de deficiência mental matriculados em uma instituição de Londrina-Pr. Os dados foram obtidos por meio de informações contidas em 157 prontuários de alunos e entrevistas realizadas pelos pesquisadores com o responsável por cada aluno, matriculados no ano de 2010. Através de um estudo descritivo, avaliamos a prevalência das principais doenças que acarretam deficiência mental, em relação ao gênero, idade dos pais, peso neonatal, antecedentes familiares, período de amamentação, uso de drogas, álcool e medicamentos controlados, assim como tipo de concepção, de parto e tempo de gestação. Para a analise estatística dos dados foi aplicado o teste Qui-quadrado, após correção de Yates. As principais doenças encontradas foram: retardo mental – casos isolados 29,3%; paralisia cerebral (25,5%); atraso no desenvolvimento neuropsicomotor (24,2%); síndrome de Down (13,4%) e outras síndromes genéticas (7,6%). As variáveis que apresentaram maiores diferenças foram: tipo de parto cesariana (58%), com maior prevalência do que o parto normal (38%); e porcentagem de casos com antecedentes familiares (50%). A distribuição das doenças associadas à deficiência mental na população estudada foi semelhante a outros estudos em diferentes populações. No entanto, diferente de outros trabalhos, observamos maior frequência de cesarianas e de antecedentes familiares. Em conclusão, espera-se que as informações relatadas neste trabalho resultem em contribuição para os programas de atenção à saúde dos portadores de deficiência mental, bem como sua inclusão junto à sociedade civil.

Palavras-chave


Gestação; Síndromes; Medicamentos; Retardo Mental.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.5433/1679-0367.2014v35n1p115

Direitos autorais 2016 Semina: Ciências Biológicas e da Saúde

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - NãoComercial 4.0 Internacional.

Semina: Ciênc. Biol. Saúde

email: seminabio@uel.br

Londrina - PR
ISSN Print: 1676-5435

EISSN: 1679-0367