O que sabem os adolescentes do ensino básico público sobre o HPV

Maria Vanária Nascimento, Iael Souza, Maria do Socorro Meireles de Deus, Ana Paula Peron

Resumo


Em estudo realizado em 17 escolas da rede pública de ensino do município de Picos, no estado do Piauí, com alunos do terceiro ano do ensino médio, focando a problemática do HPV – uma vez que as doenças sexualmente transmissíveis são prevalentes na adolescência e facilitadoras da contaminação por essa DST –, constatou-se que a maioria dos entrevistados não detém conhecimento satisfatório sobre essa doença, e que as escolas em questão não estão correspondendo às expectativas que lhe são atribuídas pela sociedade, desenvolvendo projetos e ações formativas-informativas sobre saúde preventiva, sexualidade e orientação sexual. O estudo também denuncia o descaso para com a saúde pública no município de Picos, no estado do Piauí, e a emergência de organização e mobilização para intervenções no âmbito dos órgãos públicos competentes e na rede pública de ensino.


Palavras-chave


HPV; Escola; Jovens.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.5433/1679-0367.2013v34n2p229

Direitos autorais 2016 Semina: Ciências Biológicas e da Saúde

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - NãoComercial 4.0 Internacional.

Semina: Ciênc. Biol. Saúde

email: seminabio@uel.br

Londrina - PR
ISSN Print: 1676-5435

EISSN: 1679-0367