Terapia dialítica em mulheres do estado do Paraná, município de Maringá e região metropolitana

Patricia Keiko Saito, Roger Haruki Yamakawa, Cátia Millene Dell’Agnolo, Maria Dalva de Barros Carvalho, Sueli Donizete Borelli, Sandra Marisa Pelloso

Resumo


O objetivo deste estudo foi analisar a prevalência de diálise em mulheres no estado do Paraná, município de Maringá e região metropolitana. Estudo quantitativo, descritivo, de corte transversal. Foi estudada a prevalência de diálise em mulheres no estado do Paraná, município de Maringá e região metropolitana, no período de 1999 a 2007, através do Sistema de Informações Ambulatoriais do Sistema Único de Saúde (SIA/SUS), no programa do Departamento de Informática do Sistema Único de Saúde (DATASUS). Houve aumento da taxa de prevalência de diálise em mulheres no estado do Paraná, município de Maringá e região metropolitana no período de 1999 a 2007. No estado do Paraná, houve um crescimento de 1,71 mulheres em diálise por 100.000 habitantes do sexo feminino anualmente (p?0,05), as faixas etárias 30 a 59 anos e 60 anos e mais se revelaram como fatores de risco para realizar diálise no sexo feminino. No município de Maringá e região metropolitana, houve um crescimento de 0,88 de mulheres em diálise por 100.000 habitantes do sexo feminino anualmente (p?0,05), a faixa etária 60 anos e mais se revelou como fator de risco para realizar diálise no sexo feminino.


Palavras-chave


Diálise; Mulheres; Epidemiologia; Saúde da mulher.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.5433/1679-0367.2013v34n1p63

Direitos autorais 2016 Semina: Ciências Biológicas e da Saúde

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - NãoComercial 4.0 Internacional.

Semina: Ciênc. Biol. Saúde

email: seminabio@uel.br

Londrina - PR
ISSN Print: 1676-5435

EISSN: 1679-0367