Mamíferos de médio e grande porte em pequenos remanecentes florestais da mata atlântica com influências antropogênicas no norte do Paraná

Bruna Karla Rossaneis

Resumo


Os objetivos deste trabalho foram: conhecer a comunidade de mamíferos de médio e grande porte em quatro pequenos remanescentes (fragmentos) florestais; colher dados sobre a riqueza, diversidade, equabilidade, dominância e similaridade dos animais nos ambientes estudados; verificar possibilidades de manutenção dessas populações existentes; analisar os diferentes tipos de armadilhas usados na coleta. Foram realizadas oito coletas mensais, duas em cada fragmento, entre os meses de Julho de 2008 a Junho de 2009, e utilizadas três metodologias para identificação: pegadas em parcelas de areia, busca direta por vestígios e avistamentos em transecção linear. Foram registradas 14 espécies, no total. A baixa diversidade é refletida na dominância de espécies como Cebus nigritus, Procyon cancrivorus, Cerdocyons thous e Cuniculus paca e também pela abundância pouco uniforme observada nos valores de equabilidade, onde a menor uniformidade encontrada foi na área A (0,73) que coincide com maior dominância (0,29). É possível inferir que está ocorrendo uma homogeneização biótica da mastofauna, onde a riqueza declina e um número menor de espécies oportunistas resistem em ambientes alterados. Os mamíferos de médio e grande porte mais especialistas em habitat, dieta ou de maior nível trófico são sensíveis à fragmentação, e substituídos por espécies generalistas, melhores adaptadas às perturbações antrópicas. Quanto às metodologias, as parcelas de areia apresentaram maior número de registros (65%) e de espécies (71%), mostrando-se a mais eficiente. Portanto, apesar de pequenos e por não serem o ambiente ideal para algumas espécies, os remanescentes florestais estudados são áreas adicionais para conservação de algumas espécies oportunistas, tornando-se importantes frente a contínua perda de habitats naturais e ao tamanho reduzido da grande maioria das unidades de conservação encontradas no Brasil.

Palavras-chave


Mamíferos; Pequenos remanescentes; Metodologias; Especialistas; Generalistas.

Texto completo:

PDF (English)


DOI: http://dx.doi.org/10.5433/1679-0367.2014v35n1p15

Direitos autorais 2016 Semina: Ciências Biológicas e da Saúde

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - NãoComercial 4.0 Internacional.

Semina: Ciênc. Biol. Saúde

email: seminabio@uel.br

Londrina - PR
ISSN Print: 1676-5435

EISSN: 1679-0367