Avaliação bacteriológica das águas de bebedouros do campus da Universidade Estadual de Londrina – PR

Bruna Mara Silva Seco, Tatiane das Neves Burgos, Jacinta Sanchez Pelayo

Resumo


As águas de abastecimento são de grande importância na veiculação de microrganismos patogênicos visto que, durante sua distribuição, pode ocorrer contaminação por matéria fecal. As principais bactérias utilizadas como indicadores de poluição na água são os coliformes totais e coliformes termotolerantes, entre eles Escherichia coli podendo ser usado como indicador de poluição fecal. Segundo a portaria n ? 2914/2011 da ANVISA (Ministério da Saúde) entende-se por água potável, a água de consumo humano cujos parâmetros microbiológicos, físicos, químicos e radioativos atendam ao padrão de potabilidade que não ofereça riscos a saúde. Este trabalho teve como finalidade avaliar as condições bacteriológica, cloro residual e pH das amostras de água dos bebedouros do campus da Universidade Estadual de Londrina (UEL) no ano de 2011. Coliformes totais e E. coli foram analisados, através da técnica de Colilert em dezenove amostras e foram priorizados locais nos quais ocorre maior índice de pessoas com acesso aos bebedouros. Das amostras analisadas nenhuma apresentou contaminação por coliformes totais ou E. coli. Em relação a pH e cloro residual, todas as amostras estavam de acordo com a resolução da ANVISA. Entretanto, é importante manter um programa de monitoramento da qualidade bacteriológica da água consumida nos bebedouros do campus da UEL, uma vez que se esta estiver contaminada apresenta riscos à saúde tanto dos alunos como dos funcionários.


Palavras-chave


Água de bebedouro; Coliformes totais; Escherichia coli.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.5433/1679-0367.2012v33n2p193

Direitos autorais 2016 Semina: Ciências Biológicas e da Saúde

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - NãoComercial 4.0 Internacional.

Semina: Ciênc. Biol. Saúde

email: seminabio@uel.br

Londrina - PR
ISSN Print: 1676-5435

EISSN: 1679-0367