Desempenho de Sistema Combinado Anaeróbio-Aeróbio na Remoção de Nitrogênio no Tratamento de Esgoto Sanitário

Mário Luiz Rodrigues Foco, Edson Aparecido Abdul Nour

Resumo


Este trabalho relata a avaliação do desempenho de um sistema anaeróbio-aeróbio constituído por filtro anaeróbio seguido de biofiltro aerado submerso operado sem e com recirculação do efluente tratado para amenizar os efeitos desfavoráveis das taxas de carregamento orgânico (TCO) sobre a nitrificação e propiciar a redução do Nitrogênio Total. Nas duas primeiras etapas a TCO aplicada no BAS variou entre 0,49 ± 0,27 e 0,31 ± 0,08 kg DBO m-3 d-1 devido à redução da taxa de aplicação superficial (TAS) de 60 para 44 m3 m-2 d-1. Na terceira etapa, com recirculação, a TCO e a TAS foram de 0,29 ± 0,02 kg DBO m-3 d-1 e 65,8 m3 m-2 d-1, o que permitiu ao sistema reduzir 43 ± 10% da concentração inicial média de 72 mg L-1 de Nitrogênio Total. A aplicação de taxas de carregamento orgânico no BAS, superiores a 0,30 kg DBO m-3 d-1 inibiram a nitrificação devido à competição por oxigênio.


Palavras-chave


Filtro Anaeróbio; Biofiltro Aerado Submerso; Nitrificação; Biomassa Aderida

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.5433/1679-0375.2014v35n2p131

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - NãoComercial 4.0 Internacional.

Semin., Ciênc. Exatas Tecnol.

Londrina - PR

E-ISSN: 16790375

DOI: 10.5433/1679-0375

E-mail: seminaexatas@uel.br

 

 

Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional