Nível mínimo de discriminação de componente para caracterização de misturas bifásicas (petróleo/água salgada ou gás) usando transmissão de raios-x ou gama

Luiz Diego Marestoni, Carlos R Appoloni, Jair Romeu Eichlt

Resumo


 

Neste trabalho propomos o conceito de Nível Mínimo Discriminação de Componentes (NMDC) para determinar a discriminação de componentes de uma mistura bifásica. A modelagem matemática seguida da comprovação experimental ilustra o conceito de diferentes misturas utilizando medições de transmissão de cinco linhas de uma fonte 241Am. Com base nas simulações, foram elaboradas tabelas de discriminações mínimas. Essas tabelas de discriminação são as previsões teóricas ideais para a determinação experimental, uma vez que fornecem a percentagem mínima de discriminação para cada linha de energia. A simulação foi testada usando uma caixa com paredes de epóxi reforçado com fibra de carbono, para as linhas de energia de 20,8 e 59,54 keV.

Neste trabalho propomos o conceito de Nível Mínimo Discriminação de Componentes (NMDC) para determinar a discriminação de componentes de uma mistura bifásica. A modelagem matemática seguida da comprovação experimental ilustra o conceito de diferentes misturas utilizando medições de transmissão de cinco linhas de uma fonte 241Am. Com base nas simulações, foram elaboradas tabelas de discriminações mínimas. Essas tabelas de discriminação são as previsões teóricas ideais para a determinação experimental, uma vez que fornecem a percentagem mínima de discriminação para cada linha de energia. A simulação foi testada usando uma caixa com paredes de epóxi reforçado com fibra de carbono, para as linhas de energia de 20,8 e 59,54 keV.


Palavras-chave


transmissão de raios gama; petróleo e misturas bifásicas

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.5433/1679-0375.2011v32n2p191

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - NãoComercial 4.0 Internacional.

Semin., Ciênc. Exatas Tecnol.

Londrina - PR

E-ISSN: 16790375

DOI: 10.5433/1679-0375

E-mail: seminaexatas@uel.br

 

 

Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional