Automação para o controle da aeração em reator piloto para compostagem do lodo.

Fernando Fernandes, Silvia Galvão de Souza, Cláudio Waldir Nunes, Reinaldo Gonçalves Nogueira, Fabiana Izume

Resumo


Este trabalho apresenta a tecnologia básica desenvolvida para um reator piloto, de forma cilíndrica, de 80cm de comprimento e 70 cm de diâmetro, hermeticamente fechado e dotado de equipamentos periféricos que permitem o total controle do processo de aeração durante a biodegradação aeróbia de substratos orgânicos no estado sólido. O controle da aeração é feito de forma automatizada através de um Controlador Lógico Programável (PLC), ligado a um micro computador, que armazena on line os dados de evolução da temperatura, vazão de ar, teor de 02 nos gases de saída do sistema e incrementos de vazão de ar. É apresentado, como exemplo, os dados de monitoramento de um experimento de compostagem de lodo de esgoto e serragem de madeira. O objetivo do piloto é permitir o estudo da biodegradabilidade de substratos orgânicos e  gerar parâmetros   de   projeto  para   usinas   em   escala   real.


Palavras-chave


compostagem; lodo de esgoto; automação.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.5433/1679-0375.2000v21n4p89

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - NãoComercial 4.0 Internacional.

Semin., Ciênc. Exatas Tecnol.

Londrina - PR

E-ISSN: 16790375

DOI: 10.5433/1679-0375

E-mail: seminaexatas@uel.br

 

 

Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional