Otimização das condições de fermentação na produção de etanol a partir da manga Palmer

Simone de Lima Côrtes, Dionisio Borsato, Marissa Kimura, Ivanira Moreira, Olívio Fernandes Galão, Silvia Borba Costa

Resumo


O objetivo deste trabalho foi analisar o potencial de produção e otimização do extrato aquoso da polpa da manga Palmer para a produção de etanol. Foi determinada a concentração de açúcares totais, na polpa pelo método do fenol sulfúrico e por cromatografia, sendo o valor obtido de açúcares totais de 83;33 gL-1 e 80,51 gL-1, respectivamente. Por meio de ensaios preliminares a 30°C, estabeleceu-se que o tempo de 10 horas apresentou o maior rendimento em etanol. Em seguida foi feita a fermentação, com 13 ensaios e duas repetições no ponto central, após, as amostras foram centrifugadas e o teor de álcool foi determinado. A otimização indicou uma formulação contendo 3,0 gL-1 de extrato de levedura, 8,0 gL-1 de levedura e 0,35 gL-1 de NH4H2PO4, para um teor de álcool de 34,4 gL-1 e rendimento de 88,27%. O caldo da cana-deaçúcar,
diluído nas mesmas condições, também foi fermentado e passou pelos mesmos procedimentos, mas o resultado do teor de álcool foi de 35,68 gL-1 com rendimento de 70,74% valor inferior ao apresentado quando se utilizou o extrato aquoso da manga Palmer.


Palavras-chave


Fermentação alcoólica; Álcool etílico; Metodologia de Superfície de Resposta

Texto completo:

PDF (English)


DOI: http://dx.doi.org/10.5433/1679-0375.2018v39n1p34

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - NãoComercial 4.0 Internacional.

Semin., Ciênc. Exatas Tecnol.

Londrina - PR

E-ISSN: 16790375

DOI: 10.5433/1679-0375

E-mail: seminaexatas@uel.br

 

 

Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional