Uma alternativa para avaliar discordância entre duas medidas via modelo de regressão linear simples sem intercepto

Maria Clara Vieira Borba, Eduardo Yoshio Nakano

Resumo


Este artigo propõe um método estatístico para avaliar a discordância entre duas medidas quantitativas, quando as mesmas seguem uma distribuição normal. Este método consiste em realizar um teste de hipóteses no coeficiente de um modelo de regressão simples sem intercepto. Para ilustrar esse método e comparar com outros métodos que são erroneamente utilizados (tais como o teste t-pareado ou correlação de Pearson), foram utilizados dados artificiais da literatura e dados simulados. Cabe ressaltar que, enquanto os Coeficientes de Concordância de Kendall e o Coeficiente de Correlação Intraclasse medem a concordância entre duas medidas quantitativas, este novo método é uma alternativa para situações cujo interesse é comprovar que duas medidas são discordantes. Este trabalho também apresenta a implementação computacional do método no software livre R. Por último, foi mostrado que o método proposto cumpriu o seu papel, mesmo quando os outros procedimentos (erroneamente utilizados)falharam.

Palavras-chave


Concordância; discordância; teste-reteste; confiabilidade

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.5433/1679-0375.2016v37n2p41

Semin., Ciênc. Exatas Tecnol.

Londrina - PR

E-ISSN: 16790375

DOI: 10.5433/1679-0375

 

 

Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional