Perfil do biodiesel B100 comercializado na região de Londrina: aplicação de redes neurais do tipo mapa auto-organizável

Vilson Machado de Campos Filho, Kelly Roberta Spacino, Érica Signori Romagnoli, Lívia Ramazzoti Chanan Silva, Dionisio Borsato

Resumo


As 97 amostras foram agrupadas de acordo com o ano de análise. Para cada ano foram atribuídas letras de A à D, compreendidas entre 2010 e 2013; A (33), B (25), C (24) e D (15). Dos parâmetros de conformidade previamente analisados, encontram-se os preconizados pela Agência Nacional de Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP), por meio da resolução ANP 07/2008. Dentre os parâmetros foram analisados a massa específica, ponto de fulgor, índice de peróxido e índice de acidez. Os valores observados foram apresentados a Rede Neural Artificial (RNA) do tipo Mapa Auto Organizável (MAO) a fim de obter uma classificação de acordo com as propriedades físico – químicas de cada amostra e seu ano de produção. A RNA foi treinada em dias diferentes e as amostras divididas aleatoriamente em dois grupos, treinamento e teste. Foi constatado que para esta situação, a rede MAO diferenciou as amostras em relação ao ano e aos parâmetros de conformidade, permitindo a constatação de que dentre os parâmetros de conformidade analisados, os de maior significância, portanto, bons para a distinção e classificação dessas amostras, foram a massa específica e o ponto de fulgor.


Palavras-chave


Redes Neurais Artificiais; Mapas Auto Organizáveis; Parâmetros de Conformidade; Biocombustível; Biodiesel

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.5433/1679-0375.2015v36n2p63

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - NãoComercial 4.0 Internacional.

Semin., Ciênc. Exatas Tecnol.

Londrina - PR

E-ISSN: 16790375

DOI: 10.5433/1679-0375

E-mail: seminaexatas@uel.br

 

 

Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional