Determinação de íons amônio em eletrodos modificados com polipirrol

Luciana T. S. Mendes, Luiz Henrique Dall´Antonia

Resumo


O trabalho teve como objetivo a preparação de filmes de polipirrol (PPy) depositado sobre superfícies de carbono vítreo, níquel e ITO (óxido de estanho dopado com Índio) em plástico tipo PET, a fim de estudar suas propriedades em relação à detecção de amônia. Os filmes de polipirrol dopados com dodecilbenzenosulfonato (DBSA) foram formados sobre os eletrodos, a + 0,70 V vs. Ag/AgCl, a partir de uma solução contendo o monômero pirrol e o sal anfifílico sendo que os filmes depositados sobre carbono vitreo apresentaram melhor performance. Voltametrias cíclicas, entre - 1,50 até + 0,5 V vs. Ag/AgCl, foram repetidas acrescentando diferentes concentrações de NH4Cl, a fim de observar o comportamento do filme como um possível detector de íons NH4 +. A corrente do pico de oxidação em função da concentração de amônia para esses filmes varia com a quantidade de NH4Cl. Observa-se uma região linear, na faixa de 0 a 80 mM, com uma sensibilidade (Sppy) aproximadamente igual a 4,2 mA mM-1 cm-2, demonstrando a eficácia dos eletrodos como sensores de íons amônio. A quantidade de polímero depositada, controlada pelo tempo de crescimento, não influi na sensibilidade do sensor. O eletrodo modificado foi usado para determinar amônio em águas subterrâneas.


Palavras-chave


Amônio; Sensor; Polipirrol.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.5433/1679-0375.2007v28n1p79

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - NãoComercial 4.0 Internacional.

Semin., Ciênc. Exatas Tecnol.

Londrina - PR

E-ISSN: 16790375

DOI: 10.5433/1679-0375

E-mail: seminaexatas@uel.br

 

 

Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional