Mapas conceituais como estratégia de avaliação

Nelci Reis Sales de Araújo, Eliana Aparecida Silicz Bueno, Flaveli Aparecida de Souza Almeida, Dionísio Borsato

Resumo


O presente trabalho apresenta o mapa conceitual como ferramenta de avaliação. Neste estudo, foi utilizado texto de abertura relacionado com o cotidiano dos alunos. A atividade desenvolvida consistiu em elaborar mapas conceituais, antes e após os trabalhos experimentais. Participaram da avaliação 21 alunos da 1ª série e 22 alunos da 3ª série do Ensino Médio. Os mapas elaborados foram pontuados de acordo com a hierarquia, proposições, palavras de ligação, ligações cruzadas e exemplos. A classificação dos mapas elaborados, antes e após a atividade experimental, foi obtida tendo como base um mapa conceitual de referência. Na classificação, foram verificadas diferenças entre o primeiro e o segundo mapa em ambas as séries e entre os grupos. A elaboração dos mapas conceituais apresentou grande potencialidade como recurso de avaliação.


Palavras-chave


Mapa Conceitual; Chaves de pontuação; Tema motivador.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.5433/1679-0375.2007v28n1p47

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - NãoComercial 4.0 Internacional.

Semin., Ciênc. Exatas Tecnol.

Londrina - PR

E-ISSN: 16790375

DOI: 10.5433/1679-0375

E-mail: seminaexatas@uel.br

 

 

Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional