Novos compósitos de polianilina e exopolissacarídeos com aplicações em biomateriais: uma revisão

Eliana França, Luiz Henrique Dall´Antonia

Resumo


Nesta revisão, mostraremos alguns resultados envolvendo compósitos feitos a partir de polianilina e polissacarideos e suas propriedades como promissores biomateriais. Os estudos de aplicações biomédicas de polímeros condutores têm sido considerados devido ao estímulo elétrico, a diminuição citotoxicidade, a boa biocompatibilidade, entre outras vantagens. A polianilina e os polímeros derivados do anilina receberam atenção nos últimos anos, pela estabilidade química em condições de ambiente diversos, a processabilidade, a facilidade de polimerização e dopagem, o custo baixo e outras propriedades particulares. A botriosferana é um exopolissacarídeo (EPS) classificada no grupo do beta-(1 -3) glucanas, produzido pelo fungo Botryosphaeria Rhodina. O potencial de interação entre os polímeros condutores com ambiente biológico deve ser considerado, devida às possibilidades de aplicação como desenvolvimento de músculos artificiais, estímulo de regeneração de nervos e liberação controlada de medicamentos.


Palavras-chave


Polianilina; Polissacarídeo;Compósitos.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.5433/1679-0375.2007v28n1p37

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - NãoComercial 4.0 Internacional.

Semin., Ciênc. Exatas Tecnol.

Londrina - PR

E-ISSN: 16790375

DOI: 10.5433/1679-0375

E-mail: seminaexatas@uel.br

 

 

Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional