Estudo do comportamento cinético de oxidação do ácido mandélico por Estudo do comportamento cinético de oxidação do ácido mandélico por vanádio(V) em meio de ácido sulfúrico: efeito da presença de CTAB

Eduardo Niehues, Rômulo Augusto Ando, Keiko Takashima

Resumo


O comportamento cinético da oxidação de ácido mandélico por vanádio(V) em meio de ácido sulfúrico foi investigado a 303 K. A constante de velocidade foi determinada espectrofotometricamente, por meio do aparecimento de vanádio(IV) em 760 nm. A oxidação mostrou dependência de primeira ordem com relação à concentração de vanádio(V) e ordem fracionária com relação à concentração de ácido mandélico e de ácido sulfúrico. A lei de velocidade não foi afetada na presença do surfactante catiônico brometo de cetil-trimetil-amônio. A constante de velocidade foi sistematicamente maior em meio contendo surfactante. A constante de velocidade aumentou com o aumento da força iônica e com a diminuição da constante dielétrica. Os parâmetros de ativação foram calculados a partir das constantes de velocidade de 2ª ordem, k2, para diferentes concentrações de substrato de 298 a 318K. O mecanismo de oxidação foi proposto a partir da lei de velocidade experimental.

 


Palavras-chave


Ácido mandélico; a-hidroxiácido; Oxidação por vanádio(V)M.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.5433/1679-0375.2006v27n2p183

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - NãoComercial 4.0 Internacional.

Semin., Ciênc. Exatas Tecnol.

Londrina - PR

E-ISSN: 16790375

DOI: 10.5433/1679-0375

E-mail: seminaexatas@uel.br

 

 

Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional