Reforço e recuperação de estruturas de madeira

José Luiz Miotto, Antonio Alves Dias

Resumo


A preservação das estruturas de madeira constitui-se em motivo de constante preocupação, pois a sua deterioração implica, muitas vezes, em comprometimento do patrimônio histórico, além de colocar em risco a segurança do conjunto estrutural e, conseqüentemente, dos usuários. Muitos são os exemplos de igrejas, residências ou outras edificações em que essa manifestação ocorre. A técnica de reforço de peças estruturalmente comprometidas, por meio da adição de fibras naturais ou sintéticas, é uma alternativa que vem sendo pesquisada recentemente. No grupo das fibras sintéticas, incluem-se as de vidro, carbono e aramida. Por outro lado, tem sido freqüente na restauração de edifícios antigos, especialmente na Europa, o emprego de materiais que não foram disponíveis no passado, com o objetivo de alcançar benefícios estruturais, acústicos e estéticos. Sobre um piso existente de estrutura de madeira, tem sido executada uma laje de concreto, com um adequado sistema de conexão entre as partes, constituindo as chamadas estruturas mistas de madeira-concreto. Essa alternativa tem-se revelado muito viável, pois reúne uma série de conveniências relacionadas com a durabilidade e apresenta melhor desempenho mecânico que as estruturas de madeira convencionais. Neste trabalho apresenta-se o estadoda- arte do uso de fibras como reforço estrutural e das estruturas mistas de madeira-concreto.


Palavras-chave


Estruturas de madeira; Reforço de estruturas de madeira; Estruturas mistas

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.5433/1679-0375.2006v27n2p163

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - NãoComercial 4.0 Internacional.

Semin., Ciênc. Exatas Tecnol.

Londrina - PR

E-ISSN: 16790375

DOI: 10.5433/1679-0375

E-mail: seminaexatas@uel.br

 

 

Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional