Transesterificação do Óleo de Frango Empregando Diferentes Catalisadores

Willian Secco, Camila da Silva, Jamal Awadallak, Edson Antonio da Silva

Resumo


O objetivo deste trabalho foi avaliar alguns catalisadores na produção de ésteres a partir do óleo de
frango bruto e óleo de frango pré-tratado (neutralizado por solução alcalina). Foram avaliados os
catalisadores: Amberlyst-15, Aberlite IR-120, KSF, ZnO, CaO e metanol como álcool reagente. Nos
testes preliminares foram realizados ensaios nas seguintes condições reacionais: 60°C e 80°C, com
5% de catalisador em relação à massa de óleo, tempo de reação de 5 horas e razão molar álcool:óleo
de 9:1.O catalisador que apresentou melhores conversões, em torno de 77% em ésteres, foi o óxido de
cálcio (CaO). Por meio de um planejamento fatorial 23 foram realizados novos testes utilizando o óxido
de Cálcio. As variáveis avaliadas no planejamento foram a temperatura, razão molar álcool:óleo, e
percentagem mássica de catalisador. As maiores conversões obtidas foram de 79,8% e 83% para os óleos
bruto e pré-tratado respectivamente, nas condições de 90ºC de temperatura, razão molar álcool:óleo de
6:1 e 4% em massa de catalisador.


Palavras-chave


Transesterificação; Óleo de frango; Catalisadores; Heterogêneos

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.5433/1679-0375.2017v38n1p3

Semin., Ciênc. Exatas Tecnol.

Londrina - PR

E-ISSN: 16790375

DOI: 10.5433/1679-0375

 

 

Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional