Otimização da produção de etanol por Zymomonas mobilis na fermentação do melaço de cana-de-Açúcar

Doumit Camilios Neto, João Batista Buzato, Maria Antonia Pedrine Colabone Celligoi, Marcos Roberto Oliveira

Resumo


O presente estudo objetivou a otimização da produção de etanol por Zymomonas mobilis CP4, durante a fermentação do melaço de cana-de-açúcar. Para a otimização do processo, foi aplicada a metodologia de superfície de resposta, empregando-se um delineamento fatorial incompleto 33, sendo as variáveis independentes ou fatores: concentração de açúcar redutor total (ART) no melaço de 10, 55 e 100 g/L (x1); concentração de extrato de levedura de 2, 11 e 20g/L (x2) e tempo de fermentação de 6, 15 e 24 horas (x3). As variáveis dependentes ou respostas foram produção e produtividade de etanol. Pela análise dos resultados, obteve-se bom ajuste do modelo aos dados experimentais. Nos níveis estudados, a melhor condição para produção de etanol foi com 100g/L de ART no melaço, 2,0g/L de extrato de levedura e com tempo de fermentação entre 20 e 24 horas produzindo 30g/L de etanol.


Palavras-chave


Etanol; Zymomonas mobilis;.Melaço de cana-de-açúcar; Delineamento fatorial.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.5433/1679-0375.2005v26n1p17

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - NãoComercial 4.0 Internacional.

Semin., Ciênc. Exatas Tecnol.

Londrina - PR

E-ISSN: 16790375

DOI: 10.5433/1679-0375

E-mail: seminaexatas@uel.br

 

 

Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional